← Voltar para categoria Saúde e Segurança

A má higiene do piso pode prejudicar seus processos

Proteger a integridade higiênica das instalações de processamento está se tornando uma tarefa cada vez mais complexa. À medida que os desafios de processamento evoluem, os padrões de limpeza e qualidade visam garantir que os contaminantes, micróbios indesejados e bactérias prejudiciais não se insinuem nos processos de fabricação e produção, diz James Taylor, diretor de marketing EMEIA - Specialties da Berry Global.

Por James Taylor, Diretor de Marketing da EMEIA - Specialties na Berry Global

James Taylor, diretor de marketing da EMEIA - Specialties na Berry Global

James Taylor, diretor de marketing da EMEIA - Specialties na Berry Global

A higiene nas indústrias de processamento é vital, pois a contaminação do produto, que pode ocorrer pela introdução de materiais indesejados, substâncias ou microorganismos em um produto ou processo fabricado, pode resultar em perdas financeiras substanciais.

Além disso, a contaminação também tem o potencial de prejudicar o relacionamento entre fabricantes e clientes e prejudicar a saúde dos funcionários e do público.

Obviamente, diferentes setores da indústria têm diferentes requisitos de higiene, dependendo da natureza dos produtos que estão sendo processados.

Embora os requisitos possam diferir, a verdade é que boas práticas de higiene são vitais, pois reduzem a probabilidade de introdução, disseminação e multiplicação de patógenos potenciais e outros organismos no ambiente de processamento.

Áreas problemáticas potenciais

O teste de controle de qualidade garante que os produtos acabados atendam a todas as especificações exigidas e tenham qualidade adequada para o lançamento. As verificações de qualidade ocorrem em diferentes etapas de processamento, todas com requisitos de higiene diferentes. Para atender a esses requisitos, procedimentos apropriados são estabelecidos e monitorados.

No entanto, duas áreas onde a higiene é difícil de implementar de forma eficaz, apesar de ter os procedimentos e sistemas de monitoramento adequados, são higiene pessoal e higiene do edifício e do equipamento. Isso ocorre porque pessoas e equipamentos podem causar contaminação cruzada e contaminação por partículas estranhas.

A contaminação cruzada ocorre quando partículas de um produto ou ingrediente são inadvertidamente misturadas com outro, enquanto a contaminação por partículas estranhas ocorre através da introdução não intencional de uma substância estranha, como poeira, sujeira, ferrugem ou partículas metálicas, no processo.

Como a contaminação prejudicial pode ocorrer a qualquer momento durante o processamento, nenhuma etapa única pode ser tomada para eliminar totalmente o risco de contaminação. No entanto, procedimentos rigorosos de saneamento devem estar em vigor para pessoas e equipamentos que se deslocam de uma área de uma instalação para outra, tudo com o objetivo de reduzir o risco de contaminação.

Contaminação ao nível do chão

Bactérias indesejadas, fungos, fungos, poeira e sujeira podem entrar em uma instalação de processamento em uma variedade de estágios e de uma infinidade de fontes, embora poucas áreas estejam em risco, já que pisos - solas de sapato e pisos são notórios por ajudar e encorajar transferência de contaminantes.

Compondo a questão é que a gravidade fará com que a maioria dos contaminantes acabe no chão em algum momento, o que significa que materiais, substâncias ou microorganismos indesejados podem ser espalhados pelos funcionários ou nas rodas do equipamento.

toalhetes do assoalho do chicopee / higiene do assoalho

Portanto, para evitar que o chão sirva como um vetor de materiais potencialmente infecciosos, a limpeza do piso deve ser um componente essencial de qualquer programa de higiene ambiental.

Rigorosos processos de limpeza e manutenção de pisos, incluindo limpeza a vapor, lavagem sob pressão, lavagem com água quente e uso de agentes de limpeza agressivos. Todos estes, no entanto, podem colocar uma quantidade significativa de estresse no chão, o que pode impedir a eficácia do regime de limpeza.

Uma solução simples

Ao pensar na sujeira nos pisos das instalações de processamento, uma variedade de vazamentos de líquido, areia, lama e detritos sólidos podem surgir na mente; poeira raramente faz o topo da lista. Mas a poeira é mais do que uma substância inócua - é um terreno fértil para o crescimento bacteriano e pode até conter uma variedade de substâncias químicas tóxicas, como ftalatos, compostos orgânicos voláteis, retardadores de chama e metais pesados, tornando-a perigosa para a saúde humana.

A redução da exposição ao pó é, portanto, fundamental para impedir que substâncias nocivas se espalhem, garantir um ambiente de trabalho seguro e saudável e manter a qualidade e a integridade do produto.

Pode parecer uma solução óbvia, mas não é recomendado varrer o chão com uma vassoura para se livrar da poeira e outras partículas, porque as partículas ficam no ar e podem ser transferidas para toda a instalação.

Da mesma forma, a limpeza a úmido tradicional não é ideal, pois a água da esfregona pode conter uma mistura tóxica de produtos químicos e contaminantes. Na verdade, a água do esfregão industrial contém vários perigos ocultos. Não só contém poluentes atmosféricos, mas também certos itens tóxicos, os quais eventualmente acabam em nossos rios, córregos e sistemas de águas residuais municipais. Além disso, a água do esfregão fornece as temperaturas quentes e úmidas que as bactérias precisam para crescer.

Há, é claro, ferramentas de limpeza eletrônica, mas muitas vezes não é possível usá-las de forma eficaz em instalações de processamento, pois há atividade constante e tráfego de pedestres.

Dito isto, as tentativas extraordinárias de manter os pisos higiênicos das instalações são desnecessárias. De fato, a solução é bem simples - limpar o pó.

Toalhetes de piso PGI / Higiene no chão

A limpeza com poeira é uma parte vital de qualquer programa de manutenção do piso, pois remove partículas minúsculas de sujeira, poeira e detritos. A limpeza regular de poeira em áreas de tráfego intenso remove a sujeira da superfície antes que ela possa ser moída no chão e requer uma limpeza muito mais profunda. No caso de materiais indesejados, substâncias ou microorganismos, a cabeça do esfregão pega os menores traços do chão antes de poder ser rastreado em outras áreas.

Considerando os benefícios da limpeza de poeira, é fácil entender por que esse método é considerado cada vez mais um passo vital em qualquer programa de higiene ambiental. Os benefícios oferecidos pela limpeza de poeira incluem:

  • Riscos para a saúde reduzidos: pode reduzir a acumulação de alérgenos e bactérias.
  • Contaminação cruzada reduzida: Como os produtos utilizados são descartáveis, não há risco de contaminação cruzada.
  • Menor risco de lesão: Deixa o chão completamente seco, evitando o risco de escorregões, tropeções e quedas.
  • Menos interrupções: o processo é sem fio e silencioso, tornando-o menos perturbador.
  • Maior potência de limpeza: É ideal para áreas críticas de higiene, onde a limpeza eletrônica da máquina não é possível.
  • Menos uso de água e produtos químicos: Não há necessidade de soluções de limpeza ou água. Mesmo quando combinado com o esfregão úmido no chão (em vez de esfregar o chão úmido), isso resulta em até menos 80% de água sendo usada e reduz o consumo de produtos químicos.
  • Maior produtividade: a eficácia da limpeza é aprimorada, enquanto o tempo gasto em tarefas de limpeza é minimizado.
  • Versatilidade: A limpeza a seco não é útil apenas para limpeza de pisos, mas pode ser usada para todas as superfícies ambientais para manter e melhorar a higiene. Além disso, ele pode ser usado com alças e extensões ajustáveis, permitindo uma limpeza eficiente em espaços e cantos difíceis de alcançar.


A ferramenta certa para o trabalho

Manter a higiene em um ambiente de processamento não precisa ser excessivamente complexo, especialmente quando se trata de pisos. Existem várias ferramentas disponíveis para auxiliar na execução de um regime de limpeza eficaz que se integrará aos requisitos específicos de higiene de uma indústria específica.

A implementação de limpeza de poeira como parte do programa de higiene ambiental da sua instalação de processamento não apenas melhorará os padrões de higiene e reduzirá o risco de contaminação cruzada ou de partículas estranhas, mas também garantirá que a integridade de sua instalação, sua reputação e suas margens de lucro permaneçam intactas.

Informador de Indústria de Processos

Notícias relacionadas

Deixe um comentário

Este site usa o Akismet para reduzir o spam. Saiba como seus dados de comentário são processados.

Compartilhar via