Como compreender os sistemas de fluidos de transferência de calor reduz os custos operacionais

~ Compreender os sistemas de transferência de calor economiza tempo e dinheiro ~

Existem algumas pinturas que revelam mais detalhes quanto mais você olhar para elas. De relance, você pode ver uma paisagem rural, então você percebe que a cena faz um rosto. As ilusões ópticas confundem e intrigam, mas outros objetos ou sistemas também podem ser mais detalhados do que aparecem pela primeira vez. Se os fabricantes olham mais detalhadamente em seus sistemas de transferência de calor, eles podem encontrar problemas que poderiam evitar.

Global Heat Transfer Dave DyeNeste artigo, Dave Dyer, engenheiro de vendas técnicas do especialista em transferência de calor, Global Heat Transfer, discute como uma compreensão detalhada de um sistema de transferência de calor pode ajudar os fabricantes a manter a eficiência e evitar tempos de inatividade dispendiosos.

Os sistemas de fluidos térmicos são utilizados para fornecer calor indireto na produção em vários setores da indústria, incluindo produtos farmacêuticos, alimentos e processamento químico. Os sistemas de fluídos térmicos transportam fluidos térmicos através de uma linha de produção para realizar ações como o processamento de produtos químicos, a derivação de eletricidade ou o cozimento de alimentos. Muitos fabricantes executam suas plantas usando este sistema para otimizar a produtividade.

Os fabricantes devem garantir que suas plantas funcionem de forma segura e eficiente para atender às normas do equipamento. No entanto, em muitos aspectos, a conformidade regulamentar é apenas um mínimo em termos de verificações de segurança e manutenção. Os gerentes de planta podem inspecionar seus sistemas para evitar problemas no sistema com manutenção proativa e precoce. Para fazer isso, os fabricantes podem extrair de sua compreensão do sistema.

Quanto melhor a compreensão do sistema pelo operador, mais capazes de detectar problemas antecipadamente e evitar tempos de inatividade dispendiosos. O gerente da planta não é a única pessoa que precisa entender os prós e contras do sistema. O pessoal deve ser treinado em todos os níveis, para garantir que sempre haja um membro da equipe no local que seja capaz de resolver quaisquer problemas.

Para evitar problemas que causam riscos de segurança e falhas no sistema, todos em uma fábrica devem conhecer os detalhes dos sistemas com os quais eles trabalham. O treinamento do pessoal deve incluir os prós e contras do sistema em como ele funciona e as melhores práticas para a manutenção da planta para otimizar a produtividade e prevenir problemas. Iniciar e desligar um sistema de transferência de calor, por exemplo, são habilidades fundamentais necessárias para assegurar uma produção eficiente.

Os prós e contras

A principal função de um sistema de transferência de calor é distribuir o calor em torno de uma instalação, e para uma área específica da linha de produção. O processo de aquecimento começa no aquecedor principal, que é composto por um queimador e bobina citado dentro do aquecedor. O queimador aquece a bobina contendo o fluido de transferência de calor. Uma bomba circula o fluido através do sistema e controla a pressão. Um tanque de expansão contém qualquer excesso de óleo, de modo que a quantidade correta de óleo esteja no sistema em qualquer momento. Este circuito principal do sistema permite que o fluido percorra a planta eficientemente, mas são necessários mais componentes para garantir que o sistema seja seguro e estável de usar.

Um dos equipamentos mais negligenciados do sistema é a junta, que liga as flanges que selam o sistema que contém o fluido. Em qualquer sinal de falha da junta, o sistema de transferência de calor deve ser desligado para evitar perigos e isolar o problema. As válvulas automáticas também estão no sistema para regular a temperatura e se adaptar às especificações do produto.

Instalação do sistema

Quando o sistema é instalado pela primeira vez, os fabricantes devem considerar que alguns componentes foram projetados para executar funções específicas de um novo sistema. Durante a instalação, um filtro é adicionado para capturar os detritos, pois qualquer coisa, desde lascas de metal até parafusos, pode entrar no sistema durante a construção. A prática geral para engenheiros é remover o filtro depois que o sistema estiver funcionando por cerca de 5 dias úteis. Quando o filtro não é removido, podem surgir problemas se houver um acúmulo de carbono no sistema. Isso causará problemas de fluxo.

Segurança

Um ambiente de trabalho limpo ajuda a produtividade e mantém os trabalhadores seguros. Em alguns casos, há uma falta de limpeza geral dos sistemas de transferência de calor. Os fabricantes podem melhorar a eficiência da planta, limpando e reparando vazamentos imediatamente, bem como usando o equipamento correto com base na temperatura e outros fatores ambientais. Deixar derramamentos de óleo desacompanhados ou usar equipamentos de plástico pode ser um risco de saúde e segurança.

Além de proteger os trabalhadores através da limpeza, compra e manutenção de equipamentos de segurança pode melhorar a eficiência do sistema de transferência de calor. Os protetores de pulverização são usados ​​em torno de flanges e conhecidos pontos de vazamento potenciais, fazendo com que o óleo se funda de volta para um líquido e tornando-o não perigoso. Isso torna o vazamento seguro, mas visível para que os fabricantes possam resolver o problema. Manter o isolamento através do sistema de transferência de calor é importante, pois qualquer contato humano com equipamentos expostos pode causar ferimentos graves. Usar uma série de protocolos de segurança pode beneficiar o operador do sistema, o que significa que eles estão mais equipados para operar o sistema e gerenciar os riscos a longo prazo.

Global-Heat-Transfer-Analysis

A gestão de riscos

Embora um sistema só seja necessário para ter um serviço maior e um menor em um ano, os gerentes de planta têm muito a ganhar com a manutenção proativa e verificações. Muitas inspeções podem ser feitas visualmente, por uma simples caminhada ao redor do cheque. O pessoal de manutenção deve verificar proativamente o sistema com a maior freqüência possível para procurar desgaste, vazamentos ou outras mudanças.

Para saber o que procurar durante as verificações visuais, o pessoal deve estar ciente de quais partes do sistema precisarão de manutenção. Os trabalhadores devem monitorar o aquecedor diariamente para garantir que ele funciona de forma eficiente. Os medidores de monitoramento são a principal maneira de monitorar a eficiência e descobrir problemas no sistema. Outro sinal visual de um problema no sistema seria a agitação de tubos ou sistemas mais lentos contra a acumulação de poeira nas aberturas de ventilação. Perceber esses problemas no início pode reduzir o risco de inatividade, pois as peças podem ser limpas, corrigidas ou substituídas de acordo.

Alguns verificações visuais indicam problemas externos, mas pistas visuais, como aquecimento inconsistente de produtos finais, podem ser um problema de manutenção interna. A falta de testes de rotina representativos e análise de óleo e manutenção proativa pode levar à degradação de fluidos e à formação de carbono no sistema que pode causar o fluido de aquecimento, como o Thermocare da Global Heat Transfer, pode garantir aos fabricantes que não é o fluido que tem causou problemas de produção.

Olhar para um sistema de transferência de calor sozinho nem sempre diz aos fabricantes como funciona o sistema em sua fábrica. Assim como uma ilusão óptica, mais detalhes são revelados depois de estudar cada componente. Com funcionários experientes e treinados e manutenção preventiva, os fabricantes podem otimizar a produtividade de seu sistema de transferência de calor, criando satisfação para os trabalhadores, assim como quando você vê as imagens escondidas em uma ilusão.

Informador de Indústria de Processos

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Este site usa o Akismet para reduzir o spam. Saiba como seus dados de comentário são processados.