← Voltar para categoria Process Automation

Automação Para Assumir Um Terço Da Fabricação Britânica Em Três Anos

infográfico de automação

Fabricantes abraçam a indústria 4.0 e a revolução tecnológica para manter a vantagem competitiva

Espera-se que um terço da manufatura britânica seja automatizada nos próximos três anos, de acordo com um relatório que investiga a ascensão da tecnologia e o impacto da indústria 4.0.

O relatório da Universidade de Sheffield Hallam e da SSG Insight revela que um em cada oito (12%) fabricantes do Reino Unido está indo mais longe com sua evolução tecnológica, preparando-se para automatizar até 50% de seus negócios no mesmo período de tempo.

Espera-se que a Inteligência Artificial (IA) ajude a automatizar as áreas internas das empresas de manufatura, principalmente alinhadas ao processo de produção e fabricação, incluindo a tomada de decisões necessárias para otimizar o desempenho operacional.

A AI também será aplicada para prever e gerenciar problemas de manutenção e endereçar desvios de qualidade. Áreas de negócios externas, como vendas e marketing, distribuição e atendimento ao cliente, são menos propensas a serem automatizadas.

Quase todos os fabricantes na Grã-Bretanha (93%) estão utilizando dados ativos e tecnologia de automação já em alguma capacidade, mais comumente para ajudar a otimizar os produtos e garantir a consistência da qualidade.

A segunda maneira mais popular de utilizar a tecnologia hoje é facilitar um melhor entendimento do cliente final, levando ao desenvolvimento de serviços de suporte como uma mudança no modelo tradicional de negócios de manufatura.

Melhorias na velocidade, seja no desenvolvimento de novos produtos para levar ao mercado, no ritmo de produção, na redução do tempo de inatividade e na viabilização de melhores tomadas de decisões, estão sendo impulsionadas pela tecnologia de automação.

Além disso, os dados ao vivo estão ajudando as empresas de manufatura a serem mais responsáveis, incluindo uma melhor compreensão da força de trabalho para criar ambientes de trabalho felizes e seguros, além de melhorar a rastreabilidade dos materiais e reduzir o custo de produção.

Os fabricantes identificam as áreas de tecnologia que prevêem desempenharão um papel maior em seus negócios nos próximos três anos:

  1. Análise de big data, incluindo informações sobre clientes (28%)
  2. IA e aprendizado de máquina (26%)
  3. Automação, robótica e cobots (25%)
  4. Internet das Coisas (24%)
  5. Software de relatório móvel baseado em aplicativos para gerenciamento contínuo (22%)
  6. Impressão 3D e ciência de materiais (18%)

This latest industry snapshot draws on extensive research amongst the UK’s leading manufacturing executives. The report, Harnessing Brexit, Technology and Insight: British Manufacturers, a Competitive Edge in an Age of Uncertainty and Opportunity, is co-authored by industrial automation and control engineering expert, Dr Hongwei Zhang and Professor Sameh Saad from Sheffield Hallam University and Jon Moody of SSG Insight.

O relatório revela que a tecnologia é representativa de três dos cinco maiores desafios que afetam a indústria atualmente. Isso inclui a Internet das Coisas e a capacidade de lidar com dados de tecnologias conectadas, garantindo que os dados sejam armazenados de forma segura e dentro dos parâmetros da legislação, além da automação e do uso da tecnologia AI no processo de produção.

O Dr. Zhang, professor principal da Universidade de Sheffield Hallam, disse:

“Industry 4.0 is here and the opportunity is now for manufacturers to embrace the potential of the technology currently available, as well as prepare for future advancements, in order to retain a competitive edge. Improvements to Britain’s digital infrastructure, such as the arrival of 5G that is set to offer download speeds up to 20 times faster than is currently possible, has the potential to transform productivity and the way we work, giving rise to a new era of manufacturing. It’s vital that manufacturers seek to futureproof their business as far as possible, utilising live data and advanced analytics to unlock the potential for greater automation and AI within production plants.”

O SSG Insight conquistou uma impressionante reputação por oferecer análise de dados de classe mundial, ajudando os fabricantes britânicos a competir globalmente gerenciando efetivamente seus ativos para melhorar o desempenho dos negócios. Jon Moody, diretor de produtos, disse:

“The rapid acceleration of technology is seen as the biggest challenge disrupting the manufacturing industry today, but it also presents the greatest opportunity. The adoption of technologies such as AI, robotics, automation and 3D printing, as well as innovative data management, will ensure British manufacturers can reap the benefits of Industry 4.0 and become more globally competitive. It’s encouraging therefore to see manufacturers committing to investment in technology, a move which will enable British businesses to better compete in the post-Brexit marketplace.”

Informador de Indústria de Processos

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Este site usa o Akismet para reduzir o spam. Saiba como seus dados de comentário são processados.